O precioso óleo da barba de Arão não é a reunião


“Temos que ter comunhão!”

Também é essa a resposta que ouço quando, sem fazer perguntas, digo que não sou frequentador de cultos nem igrejas.

Também eu não deveria estar tão certo quando imagino que eles não sabem muito bem o que estão dizendo.

Pois o que querem dizer é que preciso pertencer a uma igreja local, participar de cultos, dar um pouco de grana lá, conhecer as pessoas, etcetera e tal.

Para [quase] todos eles, fazer parte da comunhão é tão simplesmente isso.

Alguns até recitam que “como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão,…” é a comunhão.

Porém, o que está claro mesmo, é que confundem o significado da palavra “comunhão”!

Pensam que comunhão é “reunião”!

Deixando de lado toda essa confusão, até que estão certos – mesmo sem entender o significado.

Estão certos!

Pois eu preciso mesmo, se sou crente em Cristo, ter comunhão.

E estão meio certos!

Porque reduzem o conceito de comunhão me dizendo que preciso frequentar cultos ou, uma igreja = reunião!

Mas também estão bem errados!

Quando não entendem que comunhão, na realidade e prática, significa que: o que é deles, não é deles, mas de todos. E o que é dos outros, não é somente dos outros, mas também é de todos. Que nada podemos ter como propriamente nosso, pois tudo é em comum.

Ai fica difícil, né?!

Pois só reconhecemos a lei do merecimento.

Porém Deus, com toda sua linguagem para comunicar seu propósito, foi mais claro para mim na grande idéia do casamento.

Foi no casamento que entendi que comunhão é o que tenho com a minha esposa.

A minha casa não é minha, mas é dela também.

O dinheiro não é meu, mas também é dela.

O carro [se tivesse um], seria nosso também.

O problema dela não é somente dela, mas também é meu.

Os filhos, tivemos e cuidamos deles juntos, com as mesmas responsabilidades.

Enfim, tudo é nosso e de nossos filhos.

Agora o desafio está em praticar isso fora do âmbito familiar.

Com meus familiares, amigos, vizinhos, desconhecidos e com quem quer que seja.

E o precioso óleo que desceu pela cabeça até a barba de Arão não se perderá na terra.

Este sim é o caminho do reino de Deus e também de sua justiça, em primeiríssimo lugar.

Dai nada faltará a ninguém.

Nota:

COMUM [koinos] denota: pertencente a vários; referida coisas tidas em comum (Atos 2.44; 4.42), etc… que é oposto a “idios” – próprio da pessoa. COMUM também é “pertencente a generalidade, em distinção ao que é peculiar a poucos.

COMUNHÃO [koinõnia] denota: a parte que alguém tem em algo, participação, companheirismo reconhecido e desfrutado (Atos 2.42 e Gálatas 2.9).

Boas ondas,

Tropical

P.S.: Não entendem o que é comunhão, como também não entendem o que é igreja, templo, culto, etc… Esperar que digam o quê?

Etiquetas:, , , , , ,

2 comentários em “O precioso óleo da barba de Arão não é a reunião”

  1. Luiz Eduardo 14 de Outubro de 2013 às 15:07 #

    Parabéns Tropical, perfeita colocação..abraço

  2. Douglas Weege 23 de Janeiro de 2014 às 23:58 #

    Ótimo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: