Rituais


Os rituais são comuns.

Começam no nascimento e nos acompanham até o funeral.

É também certo que as pessoas precisem de rituais para se sentirem parte de um grupo.

Já participei muitas vezes.

Eles são importantes.

Aprendi algumas coisas.

Mas durante grande parte de mina vida um tipo de ritual se tornara em sagrado.

Por ter nascido duma família protestante.

E depois de mais de vinte e poucos anos quase que permaneci na menoridade.

Por fim aprendi que o rito não era, em nada, sagrado.

Apenas didático.

Hoje em dia tenho para mim como certo que o ritual não pode durar por longo período de tempo.

Pois os rituais que nos acompanham por muito tempo acabam por nos roubar o valor da vida.

Dessa maneira o rito se torna [que para muitos é sagrado e para mim didático], profano.

Pois profana a vida para tornar o culto sagrado.

Um ritual tem comportamento comunicativo.

Que comunica muito bem no início.

Mas que no final pede tal função, para nos tornar em estereótipos.

Ritual é a necessidade de repetir e repetir.

Repete tanto que até anula o pensamento que nos leva ao esclarecimento.

Repete ao ponto de extinguir o Espírito Santo que nos leva ao esclarecimento.

São as mesmas músicas tocadas e cantadas do mesmo jeito.

São as mesmas falas pronunciadas da mesma forma.

São os mesmos textos pensados e nunca mais raciocinados.

São as mesmas orações com a repetição dos jargões e também os pronomes que nunca usamos na fala comum.

São os mesmos roteiros, independente se duram apenas uma hora ou o dia inteiro.

O ritual anula a criatividade.

Pois ele exige apenas a repetição.

Bem, se o ritual tivesse um valor intrínseco eu diria que é apenas para ensinar, não durar.

E se cumprisse sua função serviria apenas para passagem de um homem.

Que deixaria, depois de aprender com seus tutores, a menoridade.

Chegaria a maioridade.

Aprenderia a pensar e tomar decisões sem o controle de outrem.

Saberia questionar e confrontar.

Duvidar sem perder a fé.

Faria uso do entendimento sem a direção de outro indivíduo.

A vida se tornaria seu próprio culto a Deus.

E em nossas mesas não comeríamos mais nossas próprias ceias.

Nossa criatividade se tornaria função necessária para cooperar com Deus no cuidado do seu jardim.

Não teríamos medo das sombras e nem um numeroso exército para garantir tranquilidade.

Seríamos livres em Cristo.

Para ousar.

Para pensar.

Questionar e raciocinar.

Tanto quando quisermos.

Apenas obedecei!

Boas ondas,

Tropical

Etiquetas:, , , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: