A imagem de Deus



Tselem

Gênesis começa com Deus criando o mundo e depois as pessoas “a sua imagem”.

Aqui, o termo hebraico para imagem é tselem e tem um sentido cultural bem específico. Os relatos encontrados em gênesis provem da cultura do Oriente Médio, em que se dizia que o rei governava à imagem de um deus em particular. Um exemplo disso é o famoso rei Tutancamon – seu nome se traduz por “a imagem viva [do deus] Amon”. Logo, o rei era visto como a encarnação de um determinado deus na terra. Se quisessem ver como era esse deus, bastaria que olhasse para o rei do deus.

Enfim, o autor de Gênesis deixa claro que, de toda a criação, existe alguma coisa diferente nos humanos. Não somos Deus, nem nos tornaremos Deus, mas de modo intencional, diferente, algo de Deus foi depositado em nós – a sua imagem impressa.

“Uma centelha divina existe em cada ser humano, separadamente.”

Uma faísca.

Uma inspiração.

Um talento.

O problema:

Quando alguém que carrega em si a centelha divina, torna-se uma “coisa”! – quando consideramos ou tratamos alguém como “coisa qualquer”

Para melhor exemplo disso usaremos a questão do sexo – relacionamento entre homem e mulher. Mateus 5:28 – qualquer um que olhar para uma mulher para deseja-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. 29 – se o teu olho direito te faz pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno.

Bem, Jesus nos parece radical demais.

O que será que ele queria dizer com isso?

Será que para evitar esses destino – o inferno – deveríamos arrancar, literalmente, os olhos, mãos…

Isso realmente seria melhor?

Um pouco exagerado, não?

Então, se não é literal, ao que se refere Jesus?

Imagino que ele está dizendo algo muito sério como:

Algo infernal acontece quando: pessoas são tratadas como objetos!

… e que deveríamos evitar esta possibilidade a todo custo.

Os reinos:

NOS CÉUS

Salmos 103:19

O SENHOR Deus colocou o seu trono bem firme no céu; ele é Rei e domina tudo.

Sabemos que isso não diz respeito a uma localização geográfica, mas onde as coisas são como Deus quer que sejam.

O lugar onde tudo está debaixo do governo e reinado divino. Pode ser em qualquer parte, qualquer tempo, com qualquer pessoa.

NA TERRA

Salmos 115:16

Os céus pertencem somente ao SENHOR, mas a terra ele deu aos seres humanos.

… ou seja, nos parece que Deus também admitiu a existência temporária de outros reinos – outras esferas de autoridade.

Poderemos decidir viver debaixo do governo e do reinado de Deus ou, optar por nos rebelar contra Ele.

O INFERNO

Contudo, se existe o Reino onde as coisas são como Deus quer, então tem de haver um reino em que as coisas não são como Deus quer – onde as coisas não estão de acordo com sua vontade.

Esse reino se chama inferno.

Um lugar onde a expressão “que se dane” tem total sentido.

Repetindo:

“Algo infernal acontece quando pessoas são tratadas como objetos e que deveríamos evitar esta possibilidade a todo custo.”

Ou seja, céu e inferno são realidades presentes.

Ambos podem ser convidados a descer à terra neste exato momento, por intermédio de nossos atos.

Inferno:

Exploração sexual.

Adultérios.

Roubos.

Todo tipo de imoralidade.

Fofocas.

Inveja.

Uso de drogas.

Violência.

Egoísmo.

Orgulho.

Corrupção.

Desprezo.

Preconceito.

Indiferença.

E coisas semelhantes a essas.

Céu:

Comunhão – tudo é comum.

Liderança servil.

Cooperação.

Oração.

Ajuda ao próximo.

Educação.

Organização – ordem – arrumação – construção.

Paz de Deus.

Alegria.

Adoração.

Amizade.

Família.

E coisas semelhantes a essas.

Enfim, nossa humanidade está em jogo.

A imagem de Deus em nós, está em jogo.

Esta centelha divina no ser humano não pode ser desprezada.

Ela também está em jogo.

O ser humano não pode ser tratado como coisa qualquer, pois se o fizermos, algo infernal será feito.

Pessoas não podem ser tratadas com desprezo.

Independente de quem seja.

A NOVA HUMANIDADE – Efesios 2

O que acontece quando nós reconhecemos apropriadamente a imagem de Deus nas pessoas que estão a nossa volta?

Resposta:

As categorias que dividem toda humanidade – raça,

educação,

riquezas,

status sócio econômico,

visão de mundo e religião –

PERDEM A VALIDADE

“No principio, Deus nos criou “à sua imagem” – tselem.

Para terminar:

Primeiro – somos portadores da imagem de Deus – uma centelha.

Segundo – ele nos deu um gênero: macho e fêmea.

Terceiro – ele nos deu uma atribuição: cuidar do mundo e fazê-lo progredir, participando da criação continua do mundo.

Romanos 8.

Boas ondas,

Tropical

Ref.: BELL, Rob – Repintando a Igreja

Etiquetas:,

2 comentários em “A imagem de Deus”

  1. fesembengalas 14 de Outubro de 2011 às 16:37 #

    Esse texto me fez pensar em minha humanidade, em quem eu sou. Me faz lembrar um pequeno fraguimento de ideia que escrevi outro dia sobre nós, humanos: O homem é apenas homem. Nada além de homem. O homem pode se tornar menos que homem. Pode virar uma máquina ou um mero animal que age por instintos, mas nunca pode ser mais que homem. Em Deus, o homem não se torna divino ou celestial, mas descobre quem realmente é – simplesmente homem! Deus me livre de me tornar uma máquina deste mundo capitalista ou um animal entregue aos instintos. Que eu seja simplesmente como ele criou – humano!

    • Tropical - AIRO 14 de Outubro de 2011 às 16:43 #

      Fala Fé Sem Bengalas.
      Qual é seu nome? Ou prefere assim mesmo?
      Pow! Esse pequeno texto está na sua página? Quero ler.
      Outra coisa, precisamos tomar uns cafés.
      abxx e obrigado pelos comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: