You can shut up! please


8 – out – 11 – 22h

Aconteceu algo bem interessante.

Bem esquisito.

Bem chato e constrangedor.

Comecei a falar numa igreja em que não fui convidado.

Comecei a falar e, pela primeira vez, depois de quase 15 minutos de discurso, tive coragem de mudar totalmente o que estava falando. Cortei de súbito o que estava dizendo, pois não vi nenhuma liga. Sabe daqueles dias em que parece que você não está no lugar que deveria? Enfim, era este o sentimento.

Talvez eu devesse parar de vez – acho que era isso que eu estava sentindo: “pare tudo!”

Mas não fiz isso! Mudei o canal e o discurso se tornou outro, porém como há tempo não acontecia, eu estava muito longe das pessoas.

Não fluía.

Não ligava a ninguém

O texto não era o que li.

Minha voz me perturbava também.

Falei mais 20 minutos e fui cortado derrepente.

Sem perceber me tornei uma pessoa intragável.

Indesejável.

Tomaram o microfone de minha mão.

Meu discurso ofendeu.

Doeu.

Atingiu.

Provocou.

Era um desses seminários proféticos.

Até agora não sei se fui profeta, mas me senti como um, pois pediram minha cabeça.

Agora estou sentado ao fundo do salão desta igreja. Todos estão lá na frente. Vez ou outra vem algum até mim e coloca as mãos em meus ombros, com solidariedade.

Com compreensão.

Com pena.

Não sei de quem.

Se de mim ou dos meus algozes.

Amém.

Tropical

Etiquetas:

5 comentários em “You can shut up! please”

  1. fesembengalas 10 de Outubro de 2011 às 13:18 #

    Se nesses seminários proféticos de hoje, nesse cenário estranho que é o evangélico no Brasil, tiraram o microfone da sua mão e o seu discurso não desceu na goela deles… é porque vc de fato foi um profeta…

  2. Gezz 12 de Outubro de 2011 às 23:59 #

    Olá!
    Que coisa, hein?!
    Sabe que a primeira vez que uma pessoa me xingou e bateu na rua(mais me empurrou do que bateu) eu me senti como naquele texto que fala que a gente deve ter por motivo de alegria ao passar por provações ou quando nos insultarem pelo nome de cristo! eheh Eu não sei se foi pelo nome de cristo mas que eu fui insultado isso sim ehhe =) me senti alegre por isso =) ehehehe quando pensei nesse texto.
    Bem se você está sendo calado por falar algo de Deus isso é bom =)
    Fique alegre =)
    abração!
    Preciso devolver sua blusa, já estou melhor =)
    Posso comer umas coisinhas e já posso falar!
    A gente se vê se Deus quiser!
    Fique na Paz!

  3. Tropical - AIRO 13 de Outubro de 2011 às 11:13 #

    Fala Gessé.
    Vem em casa que te servirei uma sopa.
    Abxx

  4. Johab- Binho 13 de Outubro de 2011 às 13:31 #

    Falavas sobre o que, brow?
    Qnd isso acontece, normalmente, a igreja sofre um problema grave, e alguém de fora falar, tocar na ferida, incomoda e querem te calar.
    “Não precisa falar nada, deixe-nos com nossos problemas e vá”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: