Estamos comendo a própria ceia.


Sempre ouvimos histórias, de diversas fontes, que quando a igreja se reúne faz mais mal do que bem. Em primeiro lugar, sempre ouço que existem muitas divisões, e até certo ponto, isso é verdade. Mas tudo bem, parece que isso é necessário acontecer para que os aprovados apareçam.

Enfim, quando a igreja se reúne, principalmente no dia da ceia do Senhor, está muito claro que não é a ceia do Senhor que comem, mas a própria ceia. Pois enquanto alguns estão cheios, outros passam por necessidades. Os que não têm nada sentem-se humilhados com as muitas falas dos que estão cheios – de grana, de carros, de boas roupas, de condições gerais. Parecem honrar o próprio nome ao invés do nome de Cristo. E quando fazem dessa maneira, se reúnem contra a comunidade/corpo de Cristo.

Será que ainda não perceberam que igreja não é uma placa, um prédio, nem um auditório e muito menos um evento! Igreja são pessoas! Será que ainda não perceberam que a ceia do Senhor não é um ritual religioso – que acontece uma vez por mês em alguns lugares – mas a comunhão do seu corpo/Igreja ligada ao seu propósito!

Quando se faz tal confusão é quando se reúnem para pior. Então, o pecado está em não discernir o corpo de Cristo –  não é o corpo do calvário, mas o corpo místico que se evidencia pela Igreja – o corpo vivo de Cristo.

Enfim, quando se reúnem não é para comer a ceia do Senhor, porque cada um se enche de si mesmo – se acham suficientes – mas não se preocupam com os que passam por necessidades. Aliás, nem tomam conhecimento das necessidades, quanto mais dos necessitados – vocês se bastam!

O que eu poderia dizer? Eu os elogiarei por isso?! Certamente que não!

“Será que vocês não têm casa onde comer e beber? Ou desprezam a igreja de Deus e humilham os que nada têm?… Pois recebi do Senhor o que também lhes entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão. e, tendo dado graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”… Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto, sempre que o beberem, em memória de mim… ” – ICO11.17-34

Examinem-se cada um a si mesmo, para depois comer do pão e também beber do cálice. Examinem-se pois se agora conseguem entender o que é o corpo de Cristo. Vejam se estavam todos voltados para si mesmos; se conhecem as carências do corpo/Igreja de Cristo, se desprezam os que nada possuem ou se, pelo menos agora poderão ajudar os que mau conseguem fazer uma compra ou até mesmo pagar a conta de luz. Examinem se estavam transferindo responsabilidades para uma instituição local só porque contribuem financeiramente – dão dízimos, mas não se importam com os pobres – hipócritas!

Examinem se estão embriagados de indiferença, se até agora só pesavam em si mesmos…

Examine tudo isso e depois coma do pão e beba do cálice para anunciar ao mundo o que Jesus fez por nós, a saber, fazendo uns aos outros como ele fez por nós.

Mas se ainda não entendeu estas coisas, se ainda não sabe que desprezar o corpo de Cristo é o desprezar ao que passa por necessidades – desprezar a comunidade – então será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor Jesus. Você come e bebe para sua própria condenação. Por isso é que também existem entre nós muitos fracos e doentes, e vários já morreram.

Tomar a ceia não é praticar um ritual saturado de presença religiosa – nossa sociedade está saturada disso.

Comer e beber indignadamente é desprezar a comunidade/corpo de Cristo, e não ter dito um palavrão ontem, hoje, etc…

Boas ondas,

Tropical

Etiquetas:, ,

2 comentários em “Estamos comendo a própria ceia.”

  1. gidel 8 de Dezembro de 2011 às 02:18 #

    parabens pela postagem!! triste realidade!!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Trocou a festa! | TROPICAL - AIRO - 7 de Março de 2013

    […] Pois “Estamos comendo nossa própria ceia!“ […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: