Romanos 2


Esta é uma paráfrase do segundo capítulo da carta de Paulo aos crentes que estavam em Roma.

Meu amigo, não importa quem você seja, nem quem é, você não tem desculpa quando julga os outros. Pois, quando você os julga, mas faz as mesmas coisas que eles fazem, só estará condenando a você mesmo, pois seu julgamento é hipócrita e Deus odeia a hipocrisia. Ou seja, se faz as mesmas coisas que condena nos outros, será que ainda pensa que pode enganar a Deus – engana somente a si mesmo.

Deus é justo. Ele recompensará cada um de acordo com o que fez. Ele dará a vida eterna às pessoas que perseveram em fazer o bem e buscam a glória, a honra e a vida imortal. Mas fará cair a sua ira e o seu castigo sobre os egoístas e sobre os que rejeitam o que é justo a fim de seguir o que é mau. Deus dará glória, honra e paz a todos os que fazem o bem independente de quem seja – quer seja “crente”/freqüentador de igreja, ou não, pois ele trata a todos com igualdade. Isto é, caso você acredite em Deus. Pois se acredita, ele não poderá ser menor que suas idéias e nem mesmo fruto das conveniências pessoais. Ele é o que é e pronto. Criador, não criatura.

Tenho que reforçar que as pessoas que Deus aceita não são aquelas que somente freqüentam uma igreja e ouvem da bíblia de domingo a domingo em seus cultos de rotina, mas todas aquelas que fazem o que ele quer que faça – que o obedecem em seus corações. Pois estes mostram, pela maneira de agir, que têm a lei escrita em seus corações.

Deus conhece o coração do ser humano. Ele não vê como nós vemos, ou seja, segundo as aparências. Deus vê o coração do homem. Ele conhece nossas intenções mais profundas e jamais poderá ser escarnecido pelos homens.

E o que dizer de você? Você diz que é crente, confia em sua doutrina e se orgulha do Deus que você adora. Você sabe o que ele quer que você faça e já aprendeu pelas escrituras a escolher o que é certo. Você tem grande convicção de que pode guiar gente descrente pela certeza das coisas que você sabe de Deus. Você se acha guia de cegos, luz para os que estão na escuridão, orientador dos que não têm instrução e professor dos mais novos. Você está certo de que encontra nas escrituras a apresentação completa do conhecimento e da verdade. Você acha que sua igreja é o máximo e que somente ela ensina a verdade. Enfim, você que ensina os outros, por que é que não ensina a si mesmo?

Você diz que não pode roubar, mas vive roubando quando compra produtos pirateados, quando sonega, quando baixa filmes em sites fraudulentos e também em todos os esqueminhas que faz para levar vantagens. Você diz que não pode trair a esposa, mas vive olhando para outras mulheres que não são suas ou pensando em bobagens. Diz que odeia as imagens de idolatria, mas idolatra sua própria imagem e pela sua carreira ministerial, abre mão até de amigos; e também rouba os pobres quando retêm nas instituições igrejeiras os recursos que deveriam ir para os que passam por necessidades. Enfim, você se orgulha por ser de igreja e ter entendimento bíblico, mas é uma vergonha para Deus porque não faz nada do que já sabe. As Escrituras Sagradas dizem que os não crentes falam mal de Deus por causa de vocês.

Digo mais, o batismo só tem valor se você é convertido a Cristo e é obediente a Deus, mas caso contrário, seria melhor que não fizesse tal declaração de fé pública. Porém, se alguém que nem é batizado, com consciência e entendimento, obedecer a lei, Deus o tratará como se fosse um filho.

Desta maneira, vocês que se dizem convertidos, serão condenados pelos que não são, pois vocês desobedecem a lei apesar de terem essa lei escrita e de serem batizados, enquanto que os descrentes obedecem à lei, embora não sejam batizados. Portanto, eu pergunto: quem é crente de fato e batizado de verdade? É claro que não são aqueles que vivem pela aparência e são batizados somente no corpo. Pelo contrário, o verdadeiro crente é aquele que tem o Espírito Santo dentro de si e, a cada dia tem o caráter de Cristo evidenciado através de todas suas ações. A pessoa que tem o seu coração transformado, não por uma opção religiosa ou por uma igreja ou porque exerce função eclesiástica, mas pelo Espírito Santo de Deus – pois não há outro jeito disso acontecer – o que essa pessoa recebe não vem de seres humanos, mas vem de Deus.

Tropical

Etiquetas:

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: