O caminho de Jesus e os atalhos da igreja


Jesus, quando disse que iria para junto do Pai para preparar um lugar para os que acreditavam nele, também considerou que eles soubessem qual seria o caminho para onde ele iria. Foi aí que Tomé disse não saberem para onde Jesus iria e, consequentemente a isso, também não poderiam saber o caminho. Jesus respondeu: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim. [João 14:6].

Fica claro que o lugar é junto ao Pai, mas o próprio Jesus é o caminho, a verdade e a vida.

No dia do meu aniversário ganhei da minha esposa o livro de Eugene H. Peterson – “O caminho de Jesus e os atalhos da igreja”. Ainda não avancei muito além da introdução do livro, mas li uma sentença que já me fez pensar bastante. Segundo o autor, a vida de Deus é o resultado da soma CAMINHO + VERDADE. Diz também que os que querem apenas a verdade, sem o caminho, não podem obter a vida. De igual modo, os que querem somente o caminho, sem a verdade, também não poderão ter a vida.

Tive que pensar sobre o assunto para conseguir entender o que é Jesus como “o caminho” e “a verdade”. Foi aí que descobri que existe certa confusão em relação a estes dois substantivos. Tive que pensar para tentar entender a coerência desta equação.

A VERDADE
Todos poderão ir pouco mais adiante se estudar o assunto dentro da Bíblia. Eu deixarei minha contribuição: Jesus é O Príncipe da Paz (1); O Justo que domina (2); Deus Conosco (3); O Salvador (4); A Árvore da Vida (5); O Pão da Vida (6); O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (7); Filho de Deus (8); A Luz da Vida (9); O Rei e Majestade (10); A Nossa Paz (11); O Único Salvador (12); O Caminho, A Verdade e A Vida (13); A Esperança de Deus (14); O Único Mediador (15); A Videira Verdadeira (16); A Eterna Palavra da Vida (17); O Justo Juiz (18); O Cabeça da Igreja (19); Criador e sustentador de todas as coisas (20).
Quanto a isso me parece que todos que somos crentes, evangélicos, cristão verdadeiros, etc. – seja lá qual for o termo que você use – concordamos! Esta é a verdade que nos une como a Igreja de Jesus Cristo. Esta é a Verdade que separa dois tipos de pessoas: as que crêem e reconhecem seus pecados, daquelas que não crêem e acham que não existe pecado, muito menos condenação.

O CAMINHO
Aqui é que o caminho fica estreito. Me parece que ainda gostamos mesmo dos atalhos do caminho largo. Cremos na verdade, porém a metáfora do caminho há muito foi deixada para trás. Caiu no esquecimento. Me arrisco em dizer que o caminho de Jesus começa pelo deserto – lugar em que somos levados a tomar uma decisão – e termina na cruz. O caminho de Jesus é um caminho de simplicidade, mas nós optamos pelos objetos de nossas vaidades. Nós queremos fama e grana, enquanto O Caminho não tirou nenhuma vantagem de ser igual a Deus, mas assumiu a forma de servo. Nosso sonho é o reconhecimento humano, gostaríamos descobrissem o quanto somos hábeis e inteligentes, flertamos com o poder da liderança imposta e queremos as melhores cadeiras – das reuniões solenes e daquelas que ficam de trás das grandes mesas de salas presidenciais; porém O Caminho desaprovou a liderança dos romanos, impostas de cima para baixo. Ele rejeitou o trono em Jerusalém, preferiu andar com homens cheios de pó pelo prazer de lhes lavar os pés. Queremos as melhores casas e os melhores carros, se possível, mais do que um; mas O Caminho não tinha onde repousar a cabeça e andava de jumento emprestado. Todos os dias somos assolados e, com medo do dia seguinte temos pressas em guardar tesouros para nos garantir o dia de amanhã. Mas O Caminho é um tesouro que só receberemos nos céus. Ele diz para não andarmos atrás de bênçãos perecíveis, nem nos preocuparmos com que haveremos de comer ou beber, pois os que não crêem nEle é que andam atrás destas coisas. O Caminho não usou de seu próprio poder para se sobrepor aos homens e nem para benefício pessoal, Ele esperou que anjos o servissem e também permitiu que homens o rejeitassem, cuspissem nele, esmurrassem seu rosto, que martelassem seus pés e mãos e ainda zombassem dEle. Mas nós não admitimos que alguém nos desrespeite, que pisem em nossos calos ou que de alguma maneira nos desagrade… Nos achamos intocáveis e irrepreensíveis. Somos tentados pelas nossas próprias vaidades quando estas nos seduzem. O que mais poderei dizer…

GOSTAMOS E CREMOS NA VERDADE, MAS NOS ESQUECEMOS DO CAMINHO.

Posso também dizer que existem alguns que, como budas, gandis, madres, entre outros; até têm o caminho, mas sem A Verdade, também não têm A Vida. Esta equação é verdadeira. Não existe o resultado Vida sem que O Caminho e A Verdade sejam vividas intensamente. Nós que cremos na verdade temos que também andar pelo caminho. Infelizmente muitos de nós abraçamos a verdade e, cheios de arrogância, andamos pelos atalhos do caminho largo.

Boas ondas,

Tropical

Referências biográficas: (1) (Isaías 9.6). (2) (II Samuel 23: 3-5). (3) (Mateus 1.23). (4) (Mateus 1.21). (5) (Apocalipse 22.14). (6) (João 6.35). (7) (João 1.29). (8) (Mateus 16.16). (9) (João 8.12). (10) (Filip. 2: 5-11). (11) (Miquéias 5: 2-5 / Efésios 2:14). (12) (Atos 4.12 / João 1. 10-12). (13) (João 14.6). (14) (Colos. 1.27). (15) (I Tim. 2.5 / Hebreus 9:15). (16) (João 15: 1,5). (17) (I Jo 1.1-2 / 5. 11-12 / João 1. 1-4). (18) (II Tim. 4.8 / Atos 10.42 / João 3.17-19). (19) (Colos. 1:18). (20) (Colos. 1: 16-17).

Etiquetas:, ,

4 comentários em “O caminho de Jesus e os atalhos da igreja”

  1. Rebeca Solda 17 de Setembro de 2010 às 16:52 #

    >Esse blog ta bombando!!!=)

  2. >Primeiro gostaria de parabeniza-lo pela nova cara do blog, ficou muito legal. Gostei do texto, li e estou lendo dois livros muito bons que tem me ajudado muito com relação ao relacionamento com Deus e o seu plano para nossa vida. Um è o livro Celebração da Disciplina de Richard Foster e o outro é a Cruz de Cristo de John Stott. Indico a ambos para aqueles que queira se aprofundar mais sobre o Caminho a Verdade e a Vida, pois falam sobre crescimento espiritual e o verdadeiro signifaco da cruz.

  3. Vladi Ferriera 23 de Maio de 2012 às 14:40 #

    Cara concordo em genero e em numero,mas cara tem gente que vai ler isso, e ficar como os preguisosos,que a palavra de Deus diz,que o preguisoso não coma,creio na teoria da properidade ,que Deus nos deu braços,pernas,cerebro,olhos,ouvidos,ter isso perfeito para mim é tbem ser prospero,agora o que faz com essa benção,só pode dizer quem não tem.Todos que somos saudaveis,somos pessoas prosperas,pois Deus coloca as oportunidades.Para tbem vivermos uma vida abençoadora,não somente de palavras.Que possamos a cada dia amarmos mais as pessoas.Grande abraço.
    Desculpe os erros de portugues.

  4. Tropical - AIRO 24 de Maio de 2012 às 12:29 #

    Fala Vladi – grande prazer vê-lo por aqui.
    Cara, nosso papel tb será o de dizer o que é certo. Se nós acertamos nisso, melhor. Dai, o que as pessoas irão fazer com a informação que recebem, é uma escolha pessoal. Enfim, não poderemos omitir uma verdade, independente do que farão com ela.
    Outra coisa, não somos mais espertos que os outros. Isso quer dizer que, se sabemos fazer o que é certo, outros tb saberão. Se Deus fala conosco, tb falará com todos. Então, digamos o que é correto.
    Boas ondas bró.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: