Um bom exemplo


Pow! Diz ai, essa é uma história bem interessante – um cara que conseguiu ser bem sucedido, de acordo com o que é o modelo da igreja contemporãnea [quatro mil pessoas assistindo aos cultos de domingo, sem contar que ele está entre os 20 podcasts mais ouvidos pelo itunes], conduzir a própria vida sem exageros e, apesar dessa estrutura toda, não se deixar ser um refém desse sistema. O cara abriu mão disso para “construir” um modelo de mais verdadeira liberdade. Leiam alguns pontos interessantes dessa matéria [meus comentários estão entre colchetes]:

Como fala Chan, “As Igrejas que construímos somente através dos nossos próprios esforços e não na força do Espírito, rapidamente entrarão em colapso quando deixamos de constantemente empurrar e incitar as pessoas para que prossigam.” [Em minha opinião a igreja moderna já está vivendo um grande colapso. Para percebermos isso, basta olharmos para dentro de nós mesmos – seja sincero!].

“Apesar de ter, o que aparenta ser, um ministério notável, Chan continua sendo uma anomalia. Ele mora numa casa simples, na parte carente do subúrbio da Simi Valley com a sua esposa e seus quatro filhos. Ele vai ao trabalho numa scooter Honda Elite, ano 1995. Sendo um surfista de carteirinha ele emana um jeito californiano de ser, bem à vontade.
De acordo com um comentário feito num sermão, Chan doa 90% da sua renda mensal (embora o administrador da sua igreja prefira a frase “a maioria da sua renda”). Ele não recebe um salário da igreja e os royalties advindos da venda dos seus livros, num total de U$500.000, são doados na sua grande maioria para entidades como Missão de Justiça Internacional, que resgata escravos sexuais em países estrangeiros. A família Chan também abre sua casa para hospedar famílias que precisam de um lugar para ficar. Um dos pastores da Cornerstone Community, Bill Lucas, viveu com a família de Chan por nove meses e afirma que “ele vive o que ele fala”. [Se fosse aqui, em terra brasilis, com toda essa demanda, andaria com uma bela SUV, moraria numa mansão, não daria contas de suas finanças, justifucaria os gastos com as novas edificações – “os templos” – e só surfaria em praias restritas].

Segundo Chan, “Na igreja, em vez de fazermos a reabilitação das pessoas nós as colocamos numa cadeira de rodas e dizemos ‘faremos tudo por você. Não há necessidade de você evangelizar seus vizinhos. Nós enviaremos folhetos evangelísticos, faremos programações na TV e evangelizaremos por você. Você não precisa aconselhar seus vizinhos; só precisa lhes dar o telefone da igreja.’”
“Agora estamos dizendo, ‘Você irá fazer o discipulado. Você tem o Espírito Santo dentro de ti e queremos prepará-lo para alcançar os seus vizinhos.’” [Nesse último sentido ele apenas quer dizer o que também queremos aprender e ensinar às pessoas, que nós somos a Igreja de Jesus Cristo, não a denominação X ou Y. Vivam o milagre da cura e saiam das cadeiras de rodas – “Levante e ande!”

Vanderstelt diz que a Cornerstone tem que fazer esta mudança devagar e Chan também reconhece que é uma proposta arriscada. Ele tem falado constantemente nos seus sermões que ele não sabe se uma igreja com uma estrutura tão flexível poderá funcionar nos Estados Unidos. [Caramba! Eu ainda acho que pode funcionar aqui no Brasil, apesar das grandes dificuldades que encontro nas pessoas – estão petrificados pela tradição religiosa, pelo formalismo morto e também pelo legalismo disfarçado em uma liderança beatificada].

Ele também descobriu que, somado a isso, a sua “igreja sem paredes” tem causado uma controvérsia de tamanho bem razoável [Eu conheço isso de perto]. Alguns dos que discordam dizem que preferem uma reunião geral semanal com sermão e um tempo para o louvor [Não tenho dúvidas disso. Pessoas realmente preferem ser empurradas em cadeiras de rodas…].

[Esta é só mais uma história de que não estamos sozinhos nessa luta pela reforma].

P.S.: Se quiserem ler toda matéria: http://cristianismohoje.com.br/ch/louco-amor

Boas ondas,

Tropical

Etiquetas:, ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: