Zona de conforto


Segundo o dicionário, a palavra conforto vem do latim “Confortare” que significa ato ou efeito de confortar, estado de quem é confortado ou bem-estar material ou moral.

Hoje em dia dizemos que estamos na zona de conforto quando estamos sem estresse, preocupações, financeiramente estável e sempre sem um grande desafio por vir.
Segundo o Wikipédia (a Barsa dos tempos modernos), zona de conforto é a situação que estamos no momento, uma série de comportamentos que estamos acostumados que não nos trazem riscos.
Por exemplo, você tem o seu trabalho com salário garantido no final do mês, seu chefe já lhe conhece, tem o seu histórico profissional e você se garante no que faz. Quando você atinge esse estado, está na zona de conforto. Como o próprio nome sugere, estar na zona de conforto é bom demais. É um pecado mortal permanecer na zona de conforto? Digo que não, o problema é que nos acostumamos a ficar nessa situação e deixamos de crescer profissionalmente, espirituralmente, financeiramente e socialmente.
A zona de conforto é normalmente o objetivo final de uma caminhada. Durante a nossa vida, entramos e saímos dessa zona várias vezes, por vontade própria ou não. Entre outras situações, saímos dela quando decidimos nos casar, depois quando desejamos ter um filho, quando ficamos desempregados, quando trocamos de emprego, um novo ministério ou quando assumimos um compromisso financeiro, mas, logo que as coisas se normalizam e as águas baixam, chegamos novamente à zona de conforto.
Um exemplo de como pode ser bom sair da zona de conforto aconteceu comigo. Profissionalmente eu permaneci nessa zona de conforto por dez anos. Tinha meu emprego garantido em ótima consultoria de informática, um salário razoável e meu serviço reconhecido. Mas isso, não me permitia avançar mais profissionalmente e principalmente financeiramente. Demorou, mas decidi sair da zona de conforto e trocar de emprego. Naturalmente isso trouxe preocupações e insegurança quanto ao futuro, precisava começar novamente a conquistar a confiança das pessoas, mostrando que eu era capaz para manter-me empregado. Não me arrependi de ter saído dessa zona de conforto que me trouxe uma melhor capacitação profissional e melhor condição financeira. Agora que estava novamente em uma zona de conforto, estou deixando-a novamente, agora não é uma mudança de emprego e sim de cidade.
Obviamente que sair da zona de conforto é ir para a zona de desconforto. O tempo que você permanecerá nessa zona de desconforto dependerá de sua aplicação em voltar para a zona de conforto.
Bom seria se pudéssemos ficar somente no out-side esperando calmamente a boa onda, depois dropar e só. Mas não, temos que remar de volta para a zona de conforto com as ondas quebrando na cabeça.
Espiritualmente falando, servir a Deus requer também sair da zona de conforto, é mais gostoso ser servido do que servir, mas o próprio Jesus disse que veio para servir e não ser servido.
Jesus certa vez fez um convite para deixar a zona de conforto, aconteceu com um cidadão rico. Ele tinha os mandamentos e preceitos de Deus na ponta da língua desde a sua mocidade e queria saber o que era necessário para adquirir um pedaço do céu. Então Jesus respondeu: “Falta-te uma coisa: vai, vende tudo o quanto tens, e dá aos pobres e terá um tesouro no céu, depois, toma a sua cruz e segue-me” (Marcos 10:18 a 21).
A sua zona de conforto pode ser várias, deixar de fazer uma faculdade para não ter que estudar mais, um emprego que não tem muitas oportunidades mas garante o seu salário, o banco da igreja, não casar para não adquirir despesas ou não ter filhos para poder ir todos os sábados para a praia surfar. São vários os tipos e a melhor pessoa para definir se é uma zona de conforto ou não, é você.
O primeiro passo para querer deixar a zona de conforto, é perder o medo do risco e de mudanças. Esse primeiro passo é longo e o mais difícil, pode levar meses e até anos. Os demais, são traçar objetivos e estratégias de mudança, são passos mais curtos. Lembre-se que os objetivos devem estar acordados com Deus.
No meio esportivo tem um ditado muito bom que diz: “O medo de perder, tira a vontade de ganhar.”
Antes de você começar a dar os primeiros passos, se achar que precisa, coloque em prática o capítulo 6 do evangelho de Mateus. Deu certo comigo. Leva dias ou meses para conseguir por em prática e não ficar inquieto.
“Não andeis ansiosos pelo que haveis de comer, beber ou vestir…” (Mt. 6:25)…Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas as coisas vos serão acrescentadas…(Mt. 6:33)… Não vos inquieteis pelo dia de amanhã (que coisa difícil para mim)… (Mt. 6:34).
Roberto “Tusa” Ferreira

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: