Não se deve matar um idealista


Acho que nos meus 36 (falta pouco mais de um mês para 37), posso dizer isso:

Pessoas que não são idealizadoras, ou que entregaram seus sonhos para administrarem o sistema que está em vigor, que desistiram da visão pela dificuldade encontrada a frente, são essas pessoas que infelizmente tem contribuído para matar cada nova geração de idealizadores.
Quando um homem mais velho censura o idealismo de um jovem, ele fala mais ou menos assim: “Sim, claro, quando a gente é jovem – sonhador – tem esses ideais abstratos, imaginamos que podemos mudar o mundo, e construímos castelos no ar. Mas quando você ficar mais velho, todos seus sonhos se desfazem como nuvens e a gente passa a acreditar na política prática, aprendemos a conviver com o mundo como ele é”. Parafraseei Chesterton.
Ouço isso há muito tempo. Desde a adolescência até hoje em dia ouço as mesmas coisas de pessoas mais velhas. Respeito à experiência e maturidade de cada uma dessas pessoas. Pois eu também poderia dizer as mesmas coisas para alguém mais novo do que eu; porém não o faço. Descobri que muitos homens mais velhos, ainda que bem intencionados e acreditando em suas próprias experiências, estavam mentindo. O que de fato aconteceu é exatamente o contrário do que eles previram. Diziam que eu perderia meus ideais e começaria a acreditar nos métodos da prática política. Eu não perdi meus ideais nem um pouco. Aperfeiçoei cada ideal com base no que a bíblia diz e também na minha vida prática. Minha fé nas verdades fundamentais é exatamente o que sempre foi. O que perdi é a antiga fé infantil na política prática.
“Uma visão é sempre sólida e confiável. A realidade é que muitas vezes é uma fraude.” G.K. Chesterton
Não quero fazer politicagem para me encaixar dentro do sistema, ainda que conviva com ele todos os dias; ainda que tenha que lutar contra todas as minhas vaidades. Poderia me encaixar dentro de qualquer lugar e ainda ter uma posição de certo renome. Poderia abandonar meus sonhos idealistas para viver a realidade do pragmatismo religioso. Poderia, pelas circunstâncias e dificuldades, considerar impossível viver um novo tempo, conformar-me com os modelos já existentes e assim ter uma vida um pouco mais tranqüila. Mas sei que as pessoas que marcaram as gerações são justamente aquelas que se mantiveram fiéis até o fim e que não “dançaram conforme a música”. Eu também não dançarei.
Parece que sou um revolucionário de guerra. Não se assustem. Só gostaria de motivá-los para viverem uma vida intensa. Motivá-los a viverem os sonhos que Deus plantou no coração de cada um de vocês. Quero que vocês entendam que logo o vigor da juventude passará e se vocês não lutarem por um ideal, poderão se tornar velhos “assassinos” de jovens sonhadores – frustrados. Mas sei que o mais valioso sonho é vida íntima com Deus. A motivação deve ser correta.
“Apaixonar-se por alguém é mais poético do que se apaixonar pela poesia.” A crença em Jesus Cristo é algo como apaixonar-se por alguém e não algo como apaixonar-se pela poesia. Não se trata de algo semelhante como tocar, dançar, pregar ou quaisquer outras atividades eclesiásticas e sociais. Trata-se, pelo contrário, de algo semelhante a escrever as próprias cartas de amor ou assuar o próprio nariz. Seria bom que essas coisas cada um pratique para si mesmo, ainda que as faça mal feitas. Parafraseei – de novo – Chesterton.
Paulo David Muzel JR – Tropical

Etiquetas:,

One Comment em “Não se deve matar um idealista”

  1. Piva 29 de Fevereiro de 2012 às 00:38 #

    Muito bom. Manter-se firme é o mais difícil, mas, com certeza, vale muito a pena. Sonhar e lutar por um ideal pode parecer alienante, só que no fundo para os idealistas penso que é questão de sobrevivência neste mundo cruel.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Coletivo TraçaUrbana

o c o r p o e n t r e d o t e c i d o u r b a n o

De volta ao Manual

Pensamentos sobre o amor de Deus na vida cotidiana

projetosilva

Ukulele e Voz ,Letras Simples e Pensamentos Sinceros...

Don Charisma

because anything is possible with Charisma

Do Pensamento no Deserto

CRÔNICAS, ARTIGOS, ENTREVISTAS E IDÉIAS DE LUIZ FELIPE PONDÉ

Nelson Costa Jr.

" Ceci Est Un Dieu "

Marco Juric

Fotografia

Teologia Hermenêutica

Sobre os equívocos, exageros, métodos e possibilidades de interpretação teológica no pensamento cristão.

TROPICAL - AIRO

espiritualidade

Sandro Baggio

Trilhando o estreito caminho entre o cinismo e a ingenuidade.

A Bacia das Almas

Onde as ideias não descansam

espiritualidade

drnerium

Just another WordPress.com site

Uma pausa para o café.

Porque precisamos de uma pausa.

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Reino & Sacerdote

Trabalhando para que a Igreja cresça e que o Reino avance!!! Ap 1.5,6

%d bloggers like this: